Grandes obras de infraestrutura são consideradas estratégicas para o desenvolvimento social e econômico do país. Mas também podem significar corrupção e gerar graves impactos socioambientais.

Foto

Grandes obras na Amazônia sem corrupção: um direito do brasileiro

Análise feita pela Transparência Internacional - Brasil e o WWF-Brasil mostra mudanças que o Brasil precisa implementar para prevenir grandes obras de infraestrutura de ilegalidades e proteger a floresta e as comunidades locais de impactos socioambientais negativos.

Investigações e denúncias revelaram, ao longo das últimas décadas, casos graves de corrupção em fases distintas da construção de grandes obras de infraestrutura na Amazônia, do planejamento a sua implementação. Para além do aumento dos custos e do desvio de recursos públicos, essas obras também provocaram impactos socioambientais exacerbados e, em muitos casos, irreversíveis.

A corrupção é um fenômeno particularmente complexo de se combater, mas não é impossível. A partir das lições do passado e da situação do presente, apresentamos uma agenda para o nosso futuro, com propostas de transparência e integridade capazes de mitigar práticas de corrupção e proteger a Amazônia de impactos socioambientais.

5 propostas para prevenir a corrupção em grandes obras na Amazônia

#1

Combater a corrupção em licitações e contratos

Implementar ações robustas de combate à corrupção em licitações e contratos é fundamental para minimizar riscos de atos ilícitos e impactos severos no meio ambiente e na vida das pessoas.

Leia mais
#1
#2

Regulamentar o lobby e o conflito de interesse

Para dar transparência às relações entre Estado e iniciativa privada é preciso contar com normas capazes de combater o conflito de interesses e regulamentar a atividade de lobby.

Leia mais
#2
#3

Promover reformas de integridade nos setores público e privado

Para prevenir ilegalidades, combater a corrupção e minimizar os riscos de impactos ambientais em grandes obras de infraestrutura, é preciso adotar e fortalecer políticas de integridade nos setores público e privado.

Leia mais
#3
#4

Fortalecer a participação e o controle social

Aprimorar as audiências e consultas públicas relacionadas a políticas, normas e obras de infraestrutura, bem como o seu processo de licenciamento ambiental, garantindo-se: a divulgação ampla e prévia de sua realização, prazos e formas de participação.

Leia mais
#4
#5

Aprimorar a gestão de impactos e o licenciamento ambiental

Reforçar a gestão de impactos socioambientais é fundamental para evitar, mitigar e compensar adequadamente os efeitos de grandes obras na Amazônia, protegendo o meio ambiente e a vida das pessoas.

Leia mais
#5
Ilustração

Acesse o relatório na íntegra!

Analisamos os problemas de corrupção e os impactos socioambientais de grandes obras de infraestrutura na Amazônia e apresentamos 5 propostas para proteger o nosso futuro.